Voltar ao topo

Os avanços e os desafios nos seis anos de sua gestão foram o foco da entrevista do Presidente da CNseg ao Sindseg PR/MS

12 de Abril de 2022 - Entrevista

O presidente da CNseg, Marcio Coriolano, que encerra seu mandato à frente da Confederação em 30 de abril, foi o entrevistado desta semana no canal do Sindseg PR/MS no YouTube. 

Destacando os avanços no período de sua gestão, citou o estabelecimento de um sistema de governança dentro da Confederação, semelhante ao utilizado pelas empresas do mercado; a profissionalização do quadro funcional, com o estabelecimento de um sistema de aferição de desempenho e criação de novas diretorias; e o fortalecimento das Comissões Temáticas da entidade, formadas por profissionais de seguradoras que, segundo ele “sustentam a CNseg”. Por fim, Coriolano citou outro ponto muito importante, que foi o fortalecimento da sinergia entre a Confederação e os Sindicatos Regionais das Seguradoras. 

Questionado pelo Presidente do Sindseg PR/MS, Altevir Prado, sobre os desafios enfrentados durante sua gestão, iniciada em 2016, afirmou que, entre 2015 e 2017, com a crise econômica brasileira de então, o setor segurador decresceu 1,2%, em média. Depois, entre 2018 e 2019, o mercado voltou a crescer, a uma taxa de 2%, em termos reais, e, em 2020, com a pandemia, decresceu 1,8% (contra 4% de toda a economia). Em 2021, nesse “carrossel de altos e baixos”, afirmou, o crescimento, em termos reais, foi de 5% e, agora, com a guerra na Ucrânia, deve haver nova queda no crescimento econômico, apesar de ainda se declarar otimista. Otimismo que resiste, mesmo com a atual elevação da inflação, que impacta na renda das pessoas, “que é o que move o setor segurador”.  

O aumento da severidade e frequência dos eventos climáticos, demonstrado pelas recentes inundações e secas por todo o Brasil, se, por um lado, trazem mais desafios, por outro, ajudam a fortalecer na população a percepção da importância dos seguros, afirmou. Percepção, esta, potencializada pelo forte trabalho de comunicação feito pela CNseg, e também pelos Sindicatos, direcionado, também, aos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, que ainda precisam melhorar o entendimento sobre os funcionamentos do seguro.  

Já ao fim da entrevista, Coriolano fez questão de prestar uma homenagem “a todos e a cada um dos colegas da CNseg”, que integram uma equipe muito competente, mas muito pequena, em face aos grandes desafios que enfrenta. 

Assista abaixo a entrevista na íntegra: 

CONTEÚDOS RELACIONADOS

© Copyright - CNseg

© Copyright - FenSeg

© Copyright - FenaPrevi

© Copyright - FenaSaúde

© Copyright - FenaCap

© Copyright - Educação em Seguros

© Copyright - Poder Público