Voltar ao topo

A revolução das insurtechs

Matéria publicada pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios ressalta bom momento do setor de seguros e o avanço das insurtechs

07 de Fevereiro de 2022 - Imprensa

 

O Presidente da CNseg, Marcio Coriolano, participou de uma publicação da revista Pequenas Empresas Grandes Negócios intitulada “A revolução das insurtechs”.

O texto ressalta que o setor de seguros, que movimenta em tomo de R$ 300 bilhões anualmente no Brasil, crescendo de 10% a 12%, passa por um bom período e por transformações que estão somente começando: seja na forma digital de chegar ao consumidor, seja na maneira de atender a necessidades específicas ou de oferecer produtos mais acessíveis ao bolso.

Neste cenário de mudanças, as insurtechs avançam. Já existem ao menos 109 em operação no país, segundo dados do hub de inovação Distrito de julho de 2021. O número triplicou nos últimos cinco anos e representa um terço das startups do segmento na América Latina.

Na matéria, Marcio Coriolano destaca que a concorrência no setor é bem-vinda. "As insurtechs são empresas de serviço complementares, que ampliam o alcance do seguro, identificam novos nichos e colaboram para acelerar a migração digital do setor, com repercussão na forma de distribuição de produtos, subscrição de riscos e estruturação de coberturas".

Na sua visão, a percepção é a de que a maioria das insurtechs ficará focada nos serviços de back office, com soluções que ampliam vantagens financeiras ou operacionais das seguradoras.

Clique aqui para ler a íntegra da matéria (exclusivo para assinantes).

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS

© Copyright - CNseg

© Copyright - FenSeg

© Copyright - FenaPrevi

© Copyright - FenaSaúde

© Copyright - FenaCap

© Copyright - Educação em Seguros

© Copyright - Poder Público